Miguel Rui Cardoso Pessoa Infante

Licenciatura em História pela UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA “LUIS DE CAMÕES";

Curso de Especialização em Ciências Documentais - opção Arquivo, pela FACULDADE DE LETRAS da UNIVERSIDADE CLÁSSICA DE LISBOA;

Curso de Pós-graduação em Direito da Sociedade de Informação promovido pela Associação Portuguesa de Direito Intelectual e a Faculdade de Direito de Lisboa.
De Agosto de 1986 até Maio de 1988 trabalhou no INSTITUTO PORTUGUÊS DO PATRIMÓNIO CULTURAL.
De Maio de 1988 até Dezembro de 1991 trabalhou no INSTITUTO PORTUGUÊS DE ARQUIVOS.
De Dezembro de 1991 a Outubro de 2005 trabalhou no INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA TROPICAL a prestar serviço no ARQUIVO HISTÓRICO ULTRAMARINO. De Março de 2003 a Junho de 2005 foi director em exercício do Arquivo Histórico Ultramarino.
Desde Novembro de 2005 é Chefe da Divisão de Recursos Arquivísticos da SECRETARIA-GERAL do Ministério da Economia e da Inovação.
Nomeado para o triénio 1996/1999 vice-presidente da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD).
De Setembro de 1996 a Abril de 1999 é presidente do FÓRUM DOS ARQUIVITAS LUSÓFONOS.
Entre 1994 e 1996 foi coordenador dos Cursos de Técnicos-adjuntos de Arquivo promovido pela Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas.
Desde Fevereiro de 2003 é coordenador Nacional dos Cursos de Formação dos Técnicos Profissionais de Arquivo ministrados pela BAD, e coordenador local dos cursos de Lisboa.
Desde 1992 é docente do Curso de Especialização em Ciências Documentais da FACULDADE DE LETRAS DE LISBOA, onde ministra a disciplina Informática para Arquivos (3º semestre) e desde 1993 a disciplina Informática Documental III (4º semestre) na variante de Arquivo.
Desde Maio de 2005 é docente do Curso de Especialização em Ciências da Informação e da Documentação da Universidade Nova de Lisboa onde  ministra a disciplina de Novas Tecnologias Aplicadas aos Arquivos (2º semestre).
Tem vários trabalhos publicados, bem como participou em vários encontros, seminários e congressos nacionais e internacionais.

Fechar Janela